“Coitadinho é o c@r4lh0!!”

“Coitadinho é o c@r4lh0!!”

Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Depois dessa, é melhor ficar quietinho e aproveitar seu tempo livre, até para aliviar as tensões do momento. O documentário “Meu Nome é Daniel”, dirigido por Daniel Gonçalves, conta a história dele mesmo, um carioca super bem humorado de 35 anos em busca de um diagnóstico para sua condição.

Apesar de um bilhão de pessoas ter algum tipo de deficiência no mundo, segundo dados publicados pela ONU em 2011, há quem os menospreze e os classifique como coitadinhos. CAPACITISMO – é a discriminação e o preconceito social contra pessoas com alguma deficiência.

Talvez essa palavra seja nova para você e para outras pessoas que ainda precisam abrir muitas portas e janelas para desconstruir. Ter uma deficiência não é condição para incapacidade.

“Eu não preciso ser consertado”, diz o protagonista em uma das cenas do filme, que também não suporta a ideia de super heroísmo. É cineasta, trabalha, dirige, apaixonado por escalada e não passa invisível pelos lugares. Uma pessoa como qualquer outra, mas, que segundo ele, com a vantagem de não precisar beber uma gota sequer de álcool para parecer bêbado caminhando por aí. Com passos curtos, braços dobrados e um gingado diferente segue sua vida.

Em uma realidade em que se pede cada vez mais afeto e presença, pare de reduzir tudo a um problema. Assista o documentário “Meu Nome é Daniel” de onde quiser. Já está disponível no Filme Filme, Google PlayNOW, Vivo Play , iTunes e na Oi Play!

OUTROS POSTS

Política de Privacidade

Termos de uso

Vagas de Emprego

FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS NOVIDADES DA OLHAR

TUDO CERTO!

Agradecemos a sua mensagem.

Caso precise de alguma outra informação, por favor entre em contato através das nossas redes sociais.

Para você que ama cinema.

Assine nossa newsletter quinzenal e receba conteúdos exclusivos.

TUDO CERTO!

Agradecemos o seu cadastro.

Agora você faz parte de um seleto grupo que recebe as nossas notícias em primeira mão!